A VIAGEM VAI COMEÇAR

23 de Setembro é o dia.

O desejo de descobrir este mundo e  a possibilidade de o poder viver para mim são dois sentimentos distintos que me entusiasmam e me fazem fervilhar nestes dias antes da partida. Será que estou preparado para este desafio e para um estilo de vida diferente?

Vou querer partilhar as minhas aventuras e experiências com família e amigos, para tal, criei este blogue  http://demapanamao.wordpress.com/ para que possam viajar comigo.
Deixem-me os vossos comentários, dicas, abraços,perguntas ou simplesmente palavras soltas.

 

Poda-me em Janeiro, empa-me em Março e verás o que te faço.

Etiquetas

,

Poda-me em Janeiro, empa-me em Março e verás o que te faço. 

E como o novo ano já chegou a minha poda lá começou.

As minhas tarefas para já são estas duas ameixeiras:

E o resultado final foi:

É uma tarefa que faço com muito gosto e melancolia, faz-me sempre recordar os tempos em que brincava junto ao meu avô e o via a podar estas mesmas árvores.

Não é nada complicado e a regra é simples: em cada três ramos deixar os dois das pontas de modo a não tirar força à árvore. E atenção ao local onde se realiza o corte, porque tem de ser feito após um nó para a árvore poder continuar a crescer. Tal como mostra a imagem seguinte:

E como “podar em março é ser madraço“, e desta vez não o fui, há ainda que dar utilidade ao que sobrou e não foi pouco…

Vou cortar, juntar, atar com ráfia, deixar a secar este verão e terei umas boas acendalhas para o próximo inverno.

Cenoura e Alho Francês

A pior parte continua a ser cavar :)

O facto de serem cenouras implica que a profundidade da
 terra cavada seja de pelo menos 40cm.

Muito molhei a terra para me facilitar o trabalho, cavei, coloquei algumas folhas e fruta podre por baixo

 

 

 

 

Um pouco de estrume por cima e estava pronto para semear as cenouras e os alhos.

 

As sementes, não sei se foram baratas :)

 

 

 

 

 

 

 

Fiz uns regos com 30cm e 15cm de intervalo com uma cana, para colocar as sementes das cenouras e dos alhos respectivamente.

Cenouras 


Alho francês

Espalhei as sementes pelos regos e tapei-os com o ancinho.

Regar e dar o toque final :)

Trabalho feito.

Alface roxa

Etiquetas

Descobri uma parte mais aborrecida destas lides, cavar.

Sabia que não era tarefa fácil, mas a terra estava muito dura por não ser tratada há muitos anos, o calor não ajudou e assim desisti da ideia de cavar o alvéolo todo, fiz só o suficiente para poder plantar as alfaces que tinha.

Lá se foram as lindas couves.

Juntei o composto orgânico.
E finalmente estava tudo pronto para plantar as alfaces.

Foi tarefa simples, um furo com os dedos, puxar um pouco as raízes das alfaces para mais facilmente pegarem, apertar a terra e regar com um regador de chuveiro fininho.

Acho que o Sushi gostou :)
Mais uma vez a minha vizinha Dª. Maria foi fundamental na plantação das alfaces. Obrigado.

Amanhã, semear cenouras.

Uma semana depois começam a aparecer as primeiras ervas, caracóis e lesmas.

Os pontinhos verdes são para os afugentar os caracóis. Produto cedido pela Dª. Maria.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.